October 16, 2018

Please reload

Posts Recentes
Melhores posts

Carregando seu bebê com Mindfulness.

July 16, 2017

“Estar consciente enquanto se segura um bebê no colo pode ser um desafio incrivelmente gratificante, renovador e, por vezes, uma prática desafiadora de mindfulness. Os bebês fazem ciclos de estados variados durante o dia e a noite. A forma como você se relaciona com o bebê durante estes estados variados é verdadeiramente uma prática no cotidiano. Pode ser útil lembrar-se de que, em qualquer destes estados que seu bebê se encontre, esta não é uma condição permanente. Nada é.” - Nancy Bardacke, fundadora diretora de Mindfulness-Based Childbirth and Parenting (Mindfulness- Com base em recém-nascidos e parentais)

 Se o bebê que você carrega está adormecido, aproveite a oportunidade para realmente experienciá-lo com todos os seus sentidos. Note a sensação de calor provocada pelo corpo do bebê junto ao seu, a expressão de paz no rosto da criança, qualquer odor proveniente de seu corpo enquanto você inspira, escutando qualquer som que venha do bebê.

 

Permita-se um momento para refletir sobre a vulnerabilidade deste pequeno ser e sobre a realidade de que todo ser humano no planeta, incluindo você, foi um bebê um dia.

 

Se o bebê que você carrega está desperto e contente note as mudanças de expressão em sua face.

 

Se o bebê estiver interessado olhe fixamente em seus olhos por um instante. Note qualquer pensamento ou sentimento que possa surgir enquanto faz isso.

 

Se o bebê estiver se movendo ativamente segure-o por debaixo de seus braços, permitindo-o pular para cima e para baixo em seu colo, alongando as pernas e os músculos do braço.

 

Se o bebê mudar para uma expressão de tristeza, ou se você escutar sons que indiquem que o bebê está agitado note qualquer emoção que isto possa lhe trazer: tristeza, compaixão, frustração ou ansiedade.

 

Traga as sensações de sua própria respiração sentindo a respiração abdominal ou pelas narinas. Se você estiver sentado considere levantar-se, estando ciente de seus pés tocando o chão, talvez enquanto o bebê se move de um lado para o outro enquanto o segura.

 

Se o bebê estiver chorando note como isso o faz sentir, assim como qualquer pensamento sobre o futuro, tal como “por quanto tempo isso ainda vai demorar?” ou “Eu não sei o que fazer”.

 

Sinto os sentimentos mesmo que sejam desagradáveis e retorne para a respiração. Trabalhando e estando consciente de sua respiração, pode ser que seu corpo se torne uma âncora para que o bebê encontre tranqüilidade no momento presente.

 

Meditation for Real Life trata-se de dicas semanais sobre qualquer momento de consciência plena.

Visite o nosso site

www.claramente.net

Please reload

Connecte-se