October 16, 2018

Please reload

Posts Recentes
Melhores posts

5 coisas para parar de fazer e ser mais consciente no trabalho

O mundo é um lugar perfeito. Não é perfeito no sentido de que conseguimos o que queremos no minuto em que sonhamos. No entanto, é perfeito porque obteremos exatamente o que devemos esperar baseado em como estamos contribuindo para a situação. As contribuições podem vir na forma da perspectiva que trazemos, o diálogo interno que temos com nós mesmos e (é claro!) as ações que tomamos.

 

Então, vamos aplicar essa ideia ao trabalho: se você quer criar uma experiência profissional mais consciente, é importante mudar sua contribuição e focar nas coisas que você pode controlar, em vez de gastar energia nas coisas que você não pode. E, muitas vezes, é apenas eliminar as coisas que não atendem aos seus objetivos. Para começar, aqui estão cinco coisas que você pode parar de fazer para estar mais consciente em seu dia de trabalho.

 

 

1. Pare de ser reativo com o que está acontecendo ao seu redor.

 

Claro, quando seu chefe está atrás de você por algo, você tem muito em seu prato e todos os seus colegas de trabalho parecem querer um pedaço de você, o trabalho pode parecer um lugar muito estressante. No entanto, a chave para gerenciar seu estresse não é colocar um fim ao caos ao seu redor. Em vez disso, é na gestão da maneira como você responde a ela. É simplesmente uma questão de onde você está colocando sua energia - se o seu foco está no que as pessoas estão fazendo com você, que está te colocando na posição de ser uma vítima das circunstâncias. No entanto, se seu foco é o que você pode fazer para alcançar seu melhor resultado, independentemente do que seus colegas estão dizendo ou fazendo, essa é uma posição muito mais poderosa.

 

Da próxima vez que você estiver estressado, pare, respire fundo e pergunte-se como pode encarar as coisas de maneira diferente para ver um resultado mais positivo. Então você pode agir como se esse resultado positivo fosse o resultado mais lógico, dando a si mesmo uma chance muito melhor de criá-lo no processo!

 

2. Pare de se concentrar em todas as coisas que estão dando errado.

 

O famoso psicólogo Carl Jung comentou certa vez: "O que você resiste não só persiste, mas aumenta de tamanho". As coisas nem sempre vão ser do jeito que você inicialmente quer que sejam - é inevitável. No entanto, você tem uma escolha: você pode concentrar sua atenção em lutar contra as coisas que você não gosta para tentar mudá-las, ou você pode procurar maneiras de ir com o fluxo da situação e descobrir oportunidades inéditas.

Por exemplo, digamos que você está lutando por uma verba para dar suporte a uma nova estratégia pela qual você está buscando muito, mas sua solicitação acaba de ser negada, tirando da mesa a possíbilidade de realização do projeto. Em face disso, isso parece um revés. Você pode ficar chateado com a perda, enviar e-mails com raiva para o seu chefe e principais tomadores de decisão e reclamar sobre isso na cozinha, onde todos podem ouvi-lo. Mas vamos considerar o que você obterá com essa contribuição: não apenas essa abordagem provavelmente não os convencerá a dar o orçamento que você quer, mas você também não está se preparando para receber solicitações futuras, tornando o problema ainda maior.

 

Em vez disso, tente ir com o fluxo. Você pode se aproximar reconhecendo que está desapontado, mas entendendo que não é só porque você teve um "não" hoje, que isso significa que será para sempre. Talvez você coloque a ideia do projeto em segundo plano até que o tempo seja melhor, sem desistir completamente da ideia. Em seguida, você pode concentrar sua atenção nas oportunidades que você tem a liberdade de buscar ou sugerir outras ideias inovadoras para melhorar suas metas. Quem sabe, você pode chegar a uma idéia ainda melhor que você nunca teria tido a oportunidade de perseguir se o primeiro pedido tivesse sido concedido!

 

3. Pare de fofocar sobre seus colegas de trabalho.

 

Claro, espalhar um pouco de fofoca ou ventilação na cozinha ou atrás de uma porta fechada do escritório pode ser ótimo para o momento, mas sejamos honestos: será que alguma coisa boa realmente vem disso? Na melhor das hipóteses, você se sentiu melhor por um breve momento à custa de um colega de trabalho. Mas é mais provável que o seu colega de trabalho ouça sobre isso em segunda ou terceira mão, e você danificou seriamente sua relação de trabalho. Ninguém ganha com fofoca. A vantagem é realmente inexistente.

 

Se você acredita que relacionamentos sólidos com seus colegas de trabalho levam a uma melhor experiência de trabalho, você deve estar ciente de que suas ações devem estar alinhadas com essa crença. Então, diga não para fofocar. Mesmo que os outros estejam fazendo isso e você simplesmente esteja na sala, você não tem obrigação de se engajar - desculpe-se educadamente e concentre sua atenção em coisas que melhorarão sua experiência, em vez de prejudicá-la.

 

 

Acesse o nosso site

www.claramente.net

 

 

 

4. Pare de deixar seu calendário aberto.

 

Há uma razão para que os calendários da maioria das pessoas fiquem cheios de reuniões o tempo todo - eles permitem que isso aconteça deixando o calendário aberto o tempo todo e permitindo que qualquer pessoa planeje isso. Não, você nunca conseguirá eliminar todas as reuniões, mas o que você pode fazer é assumir o controle do seu dia e do seu calendário, bloqueando o tempo de forma proativa. Então, se as pessoas tentarem agendar, fique com pronto e diga não, a menos que seja uma verdadeira emergência.

 

Isso vai resolver algumas coisas. Primeiro, bloquear seu calendário lhe dará a chance de ter tempo concentrado para trabalhar em tarefas e tirar as coisas da sua lista de tarefas. Você está se fortalecendo para assumir o controle do seu dia, em vez de deixar o controle nas mãos de todos ao seu redor.

 

Você também vai se preparar para deixar de ser multitarefa, que é um dos grandes assassinos de produtividade de qualquer experiência de trabalho. Quando você está indo bem, você não estará apenas bloqueando genericamente seu calendário - você estará atribuindo uma tarefa a cada bloco. Das 10h às 10h30, você está trabalhando na proposta do projeto. Das 10: 30-11h, você está se concentrando em criar uma agenda para sua próxima reunião de equipe. E assim por diante. Em seguida, faça o seu melhor para eliminar todas as outras distrações (dica: desligue seu e-mail) e concentre-se na tarefa em suas mãos. As possibilidades estão presentes, e você passará por isso muito mais rápido do que poderia imaginar, e pode passar para a próxima tarefa com tempo de sobra.

 

Mas acima de tudo, bloquear o seu calendário envia a mensagem a todos (inclusive a você mesmo!) de que seu tempo é valioso e deve ser respeitado. Nós ensinamos as pessoas a como nos tratarem. Se os seus colegas de trabalho souberem que você vai largar tudo o que é importante para você, eles nunca valorizarão o tempo que você lhes dá. Mas se você definir seus limites e se comprometer com eles, eles aprenderão a trabalhar dentro deles.

 

5. Pare de ser excessivamente crítico consigo mesmo.

 

Se você é como a maioria das pessoas, vai trabalhar todos os dias e tenta fazer o melhor possível, mas comete erros ao longo do caminho. Você não seria humano se fizesse tudo perfeitamente o tempo todo! Mas a pior coisa que você pode fazer quando as coisas não saem como planejadas, ou você não consegue o resultado que deseja, é se punir.

 

Veja da seguinte maneira: Se você está duvidando de suas habilidades no trabalho, ou tendo um caso de síndrome do impostor, você está realmente em uma posição melhor para ter sucesso do que alguém que não tem. Este é o Efeito Dunning-Kruger em ação - a ideia de que pessoas que são legitimamente incompetentes não podem reconhecer que são incompetentes. Elas não têm o conhecimento e a experiência necessários para reconhecer que algo deu errado, que é exatamente o que permitirá que você interaja para uma solução melhor.

 

Somos todos apenas trabalhos em andamento. Sempre haverá melhorias que você pode fazer, coisas que você pode aprender e pessoas que você percebe como sendo "melhores" do que você. Isso é vida! Mas ser duro consigo mesmo não vai ajudá-lo a chegar ao próximo nível - ele só vai prendê-lo onde você está atualmente. Então, tente ser seu maior fã, sabendo que o conhecimento e a experiência que você adquiriu até este ponto em sua carreira lhe dará todas as ferramentas que você precisa para alcançar o que quer que seja que você está mirando.

 

Acesse o nosso site

www.claramente.net

 

Leia o artigo original em inglês: 
https://www.forbes.com/sites/karlynborysenko/2018/10/09/5-things-to-stop-doing-to-be-more-mindful-at-work/#1041ec9a131e 

Please reload

Connecte-se